5 dicas para pintar a casa em Lisboa

Nos últimos anos, com os orçamentos cada vez mais apertados, fazer certas tarefas em casa tornou-se numa das opções mais viáveis. São muitas as famílias que tratam dos problemas domésticos, sem precisarem de recorrer a profissionais. É claro que há certos trabalhos que não correm bem, mas há outros que pode fazer sem provocar danos, nomeadamente pintar a casa em Lisboa.

Se mora na capital, sabe, à partida, que pintar a casa em Lisboa pode tornar-se bastante mais fácil, se contratar uma empresa de pintura conceituada, mas isso, claro, seria mais dispendioso. Assim sendo, e como tenciono facilitar-lhe o trabalho e incentivá-lo a fazer esta tarefa por si, deixo-lhe 5 ideias que deve seguir antes de se aventurar sozinho no mundo das tintas.

Pintar a casa requer material de muita qualidade

Já deve ter reparado que o mercado está repleto de material de pintura. Os produtos são mais do que muitos, uns melhores do que outros. Por isso, compare bem os preços e assegure-se da qualidade da marca que escolhe. Procure por testemunhos de outros clientes em blogues, fóruns ou nas redes sociais.

 Escolha os pincéis ou os rolos de acordo com a superfície que vai pintar

Uma das coisas que pode determinar o sucesso de uma pintura é a escolha correcta do pincel ou do rolo, que tem que ser de acordo com o tipo de superfície. Por exemplo, os rolos são os mais indicados para a pintura de paredes e do tecto, por se tratarem de superfícies mais amplas. Pelo contrário, se pretender pintar zonas mais pequenas, apertadas e que precisem de detalhes minuciosos, procure o pincel mais adequado para o fazer. Pintar a casa em Lisboa exige que saiba muito bem quais são as áreas que deseja dar nova cor.

Adopte medidas de segurança

É também muito importante adoptar medidas de segurança quando pintar a casa. Proteja todos os móveis da habitação, a sua cama, os sofás, etc., para que não fiquem sujos. Proteja-se também com roupas velhas e, se tiver crianças muito pequenas consigo, certifique-se que ficam longe das tintas.

Limpe bem as superfícies antes de as pintar

Para garantir que não haja defeitos nas superfícies pintadas, limpe-as bem antes de passar com o pincel ou com o rolo. Lembre-se que, caso a zona a pintar já esteja suja, pode não ficar disfarçada com a tinta. E não, não custa nada, até porque pode usar o método tradicional e sempre infalível: “detergente e água”.

Proteja os rodapés e as dobradiças

Pintar a casa também necessita de certos cuidados. Proteja os seus rodapés (com uma fita adesiva, por exemplo), pois podem cair gotas de tinta indesejadas, e, caso queira pintar as portas, tenha atenção às dobradiças. Se dar-lhes cor também está nos seus planos, coloque um pouco de vaselina em cada uma delas, para que depois possa abrir e fechar qualquer porta sem ouvir estalidos de tinta.

Leu tudo com atenção? Garanto-lhe que, se seguir tudo à risca, ficará mais do que apto(a) para pintar a casa em Lisboa sem qualquer tipo de falhas!